Autoajuda Ajuda ou Atrapalha?

Será que a autoajuda ajuda ou atrapalha?

Decidi escrever sobre a questão da autoajuda porque tenho visto muita gente confabulando sobre o assunto.

Embora com aparente conhecimento de causa, mas com poucos argumentos e os poucos que tem, não dizem nada.

Desde sempre existe um certo preconceito com a autoajuda.

Porque quem procura autoajuda, não está se sentindo satisfeito com alguma área de sua vida, ou mais de uma, o que é mais comum.

Desta forma, isso demonstra que a pessoa pode ter fracassado em algum ponto.

Logo, admitir isso é muito complicado para alguns, já outros ,simplesmente, vão em busca de ajuda.

Ainda que  seja autoajuda também é válido, porque não?

Eu acredito que fracassado é quem desiste e finge que está tudo bem.

Pois quem procura uma saída e enfrenta a situação, por mais difícil que ela seja, mostra dignidade e merecimento.

Antes de dizer que autoajuda não funciona faça o teste, só depois terá conhecimento para julgar.

Portanto, leia bons livros e coloque em prática, o que faz as coisas acontecerem é sem dúvida nenhuma a prática.

Como estamos em um mundo físico,  pensar e discutir ideias fazem parte sim, mas as mudanças reais só acontecem quando existem mudanças de atitude.

Pois sabemos que mudar hábitos não é uma coisa muito fácil, principalmente, se esses forem mais antigos.

Inclusive, se esses hábitos forem herdados dos pais, será necessário uma maior força de vontade.

Enfim apenas com firmeza e uma dose extra de persistência, pois sem isso nada acontece.

Vou deixar aqui uma dica para você conhecer de um excelente treinamento onde você vai encontrar várias ferramentas de autoajuda.

Assim você escolhe a que melhor se encaixa na sua vida e vai fazer valer a pena.

Basta clicar na imagem abaixo para conhecer mais.

A Autoajuda ajuda ou o preconceito faz sentido?

De um lado os autores e pessoas que conseguiram soluções para seus problemas e decidiram compartilhar seus conhecimento.

Seja através de livros, blogs ou vídeos, indicam caminhos para a auto superação de todo tipo de sofrimento humano.

Do outro profissionais da área da psicologia, e os intelectuais, apontando os perigos de se embrenhar por essa jornada perigosa.

Afinal, a mente é um lugar obscuro onde tem que ter cautela a cada passo ou podemos cometer um erro terrível.

Sem generalizar é claro, existem muitos profissionais dessas áreas que tem a mente aberta e indicam esse tipo de leitura.

A jornada de conhecer o funcionamento da vida e das pessoas ao redor começa muito cedo.

Se a vida é assim, as coisas vão acontecendo na prática e temos que lidar sabendo ou não.

Porque o processo de autoconhecimento é tão perigoso?

Eu acredito que tudo que pode trazer consciência sobre os processos de desenvolvimento humano é valido

Pois quando se tem consciência de um processo e de suas causas fica bem mais fácil chegar a uma solução.

Os livros de autoajuda funcionam como mapas, pessoas que já tiveram que trilhar caminhos difíceis e escuros, voltaram com uma saída.

Sendo assim, conhecimentos que compartilhados ajudam outras pessoas a atravessar o mesmo percurso de uma forma menos penosa.

Mas Autoajuda é Perigoso?

Na minha opinião é apenas mais um medo infundado de profissionais que acham que se as pessoas começarem a se virarem sozinhas vai faltar trabalho para eles.

Se tiverem que competir com escritores que não estudaram longos anos para conseguir um Phd parece injusto.

Embora isso não passe de crença sobre escassez, quem faz o que gosta e faz bem feito sempre tem trabalho de sobra.

Deste modo, não passa de uma crença limitante, e sabe como se cura crenças limitantes? Lendo e praticando autoajuda, ficou até irônico.

Sabe porque o Ego tem tanto medo de que as pessoas olhem para dentro e prestem atenção em suas vidas?

Porque ele vai perder grande parte de seu controle e perder o controle para o Ego é a morte.

Assim pessoas equilibradas não são egocêntricas, e a autoajuda ajuda a trazer mais consciência.

Fica claro no próprio termo “ autoajuda ” que já fala por si, parece óbvio que se eu não me ajudar ninguém vai.

Deste modo,mesmo que eu peça, mesmo que alguém esteja disposto a isso, terá um custo e normalmente alto.

Sendo que a maioria das pessoas que precisam de ajuda não tem padrões financeiros muito elevados.

Por isso o movimento de autoajuda vem crescendo e fazendo sucesso cada dia mais.

Mas Afinal, o que a Autoajuda Pode Fazer Por Mim?

Um bom livro de autoajuda pode fazer muito por você, a autoajuda ajuda, mas é preciso saber escolher bem o livro.

Assim como em tudo existe o bom eo ruim.

Não sei se é regra mas, os livros ruins que eu li tinham o nome do autor maior que o nome do livro.

Visto que isso não é um bom sinal, talvez seja uma pessoa que tem fama na internet.

Ou como profissional ou até líderes de igrejas, acabam querendo vender um conhecimento que não possuem.

Por meio da “fama pessoal” e acabam apenas denegrindo a imagem dos bons autores.

E neste caso a autoajuda ajuda apenas os autores e distribuidores, e não é isso que queremos.

A autoajuda ajuda em sua maior parte nos problemas de ordem psicológica claro.

Pois são coisas que nem sempre conseguimos contar ou até nem sabemos direito o que está acontecendo.

Portanto o que sentimos são os resultados das desordens psicológicas e por meio dos livros acabamos compreendendo como ocorrem.

Sabendo o como, chegamos ao porque, sabendo o porque podemos lidar com mais facilidade.

Uma vez que podemos tomar atitudes cabíveis em cada caso, e se for o caso buscar ajuda com um profissional.

Como Escolher Um Bom Livro?

Isso depende de cada caso, existe autoajuda para praticamente todo tipo de problema atualmente.

Então desde dificuldades financeiras, que é o mais comum, até ,como encontrar sua alma Gêmea.

Procure opiniões de pessoas que você conhece e podem indicar com conhecimento de causa

Também pode seguir especialistas em assuntos que são do seu interesse, geralmente fazem ótimas indicações.

Já que a reputação deles depende também de suas indicações.

Você pode procurar resumos na internet, muitas pessoas fazem resumos e postam.

Assim, você pode fazer uma pré leitura e se for de seu interesse em seguida faça a compra do livro.

Quando visitar livrarias, antes de tomar sua decisão procure ler a contra capa, leia o resumo sobre o autor e veja se houve identificação.

Logo, dê uma folheada rapidamente e leia títulos e subtítulos, ler o índice também ajuda.

Sempre fica mais fácil identificar se é o assunto que você está precisando, seguindo estas dicas então a autoajuda ajuda.

Leia Também: Mindfulness

Se você gostou deste conteúdo compartilhe com um amigo, e também deixe um comentário, eu gostaria muito de saber o que você acha?

Será que autoajuda ajuda ou atrapalha?

Um abraço e obrigada pela atenção.

Deixe Seu Comentário

Comente

maria384_wp

Passamos a vida a fazer coisas que não queremos por muitos motivos, meu propósito é ajudar a descobrir a sua missão e a direciona-lo de forma segura nesta transição de carreira e de vida, pois a partir do momento que mudamos o que fazemos a vida muda, garantir que o resultado desta mudança seja desejável é o que me motiva.

O que você achou deste conteúdo?